Confira dicas importantes para trabalhar a linguagem e, com isso, tornar-se um youtuber de sucesso

   Profissão dos sonhos para muitos adolescentes e, até mesmo, adultos, o youtuber necessita muito mais do que uma câmera e um visual descolado para conquistar o sucesso desejado. Independentemente do segmento escolhido, é preciso saber se comunicar corretamente com o público-alvo. Caso contrário, até mesmo uma boa ideia pode se transformar em um grande fracasso.
   Claro que não é necessário desenvolver um linguajar rebuscado e extremamente técnico. Por outro lado, o desleixo com a norma padrão pode comprometer a credibilidade do que se apresenta. Por isso, assim como ocorre com qualquer profissão, o youtuber precisa estudar e se aprimorar constantemente, tanto na criação do roteiro, quanto na linguagem trabalhada, tendo em mente o público-alvo e se adaptando a essa audiência.
   Para auxiliar os atuais e futuros youtubers, separamos algumas dicas valiosas sobre o que fazer, como fazer e quais os principais erros que precisam ser evitados. Nessa missão, contamos com a ajuda da professora Elaine Antunes, idealizadora do curso de redação Escreva.

Atenção, youtuber!

   Para o youtuber que pretende conquistar o público, uma palavra deve estar presente sempre durante a produção de qualquer conteúdo: cuidado. Apesar da informalidade de muitos vídeos, é possível perceber que os produtores de conteúdo que alcançam o estrelato possuem uma padronização, com um roteiro bem definido e uma linguagem que se adequa perfeitamente ao público-alvo.
   Já os canais com baixa audiência costumam apresentar muitos erros, além do excesso de improviso, prejudicando na transmissão da mensagem desejada. Em resumo: o conteúdo fica confuso e, com isso, não conquista a audiência. “Eu assisto a muitos canais na internet para me informar e pensar em como aprimorar minhas aulas. Com isso, vejo muitos produtores de conteúdo sem o cuidado com a revisão de slides, apresentações, legendas e, até mesmo, desatentos com a estruturação do roteiro”, destaca Elaine.
   Com isso, surgem as primeiras dicas. Lembre-se de montar um roteiro, estruturando o conteúdo com uma ordem lógica e apresentando as informações de forma clara.
   A revisão também precisa fazer parte de todo o processo. Portanto, revise o roteiro e, ao término da edição, avalie o conteúdo, corrigindo possíveis erros antes de colocar o vídeo no ar.
   Como já mencionamos, é importante saber “falar a língua” das pessoas que devem ser atingidas pelo conteúdo, facilitando na conquista dessa audiência, além de transmitir com clareza o conteúdo desejado.
   Nesse contexto, muitas vezes um linguajar rebuscado nem sempre se encaixa no perfil pretendido, e é nessa etapa que gírias, palavras técnicas e, até mesmo, alguns palavrões podem entrar em cena. Mas, para funcionar, é preciso muito bom senso. “Primeiro é importante entender o público-alvo que se quer conquistar para, depois, pensar na linguagem: roupa, gestos, cores entre outros”, explica a idealizadora do curso de redação Escreva.
   Segundo Elaine, ser produtor de conteúdo exige pensar em estratégias de convencimento de que a mensagem a ser passada é relevante, de qualidade e, sobretudo, confiável. Assim, o uso de gírias, linguagem coloquial e até mesmo palavrão tem a ver com toda uma análise prévia do tipo de negócio a ser promovido. “No caso do Escreva, embora tenhamos o nosso espaço no Youtube, não temos a pretensão de ser um canal de produção de conteúdo. Apenas disponibilizamos o que fazemos para quem desejar ver em algum momento”.

Diferentes fatores

   Com tamanha relevância, trabalhar a linguagem apropriada é o ponto de partida para qualquer youtuber. Mesmo assim, não é possível afirmar que apenas esse item é responsável pelo sucesso ou fracasso de um canal. Isso porque existem outros fatores envolvidos. “Bater o martelo sobre o que garante o sucesso ou o fracasso de um canal é difícil. Isso porque eu acredito na existência do fator sorte, na qual uma pessoa viraliza do nada e é alçada à notoriedade”, destaca Elaine.
   Vale salientar que a construção de uma estética que agrade a um determinado público pode ajudar na conquista do público-alvo. Mesmo assim, é importante lembrar que as preferências mudam de acordo com a demanda no momento e, por isso, a manutenção da audiência exige um planejamento bem definido e reavaliado periodicamente. “Fato é que, tendo alcançado a visibilidade, é importante trabalhar a linguagem e as estratégias de continuidade desse público para não cansar”.

Ajuda necessária

   Principalmente em canais que conquistaram o estrelado rapidamente, é comum perceber uma evolução com o passar do tempo tanto na produção, quanto no roteiro e também na linguagem. Isso, porém, exige um aprimoramento constante.
   Como em qualquer profissão, é preciso estudar, manter-se atualizado. Somente dessa forma um projeto empreendedor conseguirá reter a audiência por um longo período.
   Quando o assunto é linguagem, torna-se imprescindível contar com a ajuda de um profissional qualificado. Esse “mentor” conseguirá corrigir os erros, demonstrando os melhores caminhos para a construção de um conteúdo apropriado para o público-alvo desejado. Uma ótima opção para youtubers é contar com o Escreva, que facilita o aprendizado, oferecendo aulas apropriadas em uma plataforma on-line. “O curso orienta a produção textual, na construção de roteiros com argumentos e linearidade de raciocínio, além de valorizar a linguagem sem que seja necessário “assassinar” a norma padrão da Língua Portuguesa para ganhar likes”, finaliza Elaine.
   A conquista do sucesso como youtuber envolve uma grande quantidade de fatores, entretanto trabalhar a linguagem certa, de fato, é um importante passo na busca pelo estrelato. Para saber mais, acesse o site do Escreva
Compartilhar